Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tempestade tomba carretas na estrada e destelha galpões

Uma tempestade com ventos de 90 km por hora provocou estragos na zona rural de São Gabriel do Oeste (MS), na tarde de segunda-feira (8). Em vídeos gravados por populares que passavam pela rodovia BR-163 é possível ver telhados destruídos, carreta tombada e árvores arrancadas pelas ventania.

Uma cooperativa de alimentos em São Gabriel do Oeste teve o telhado destruído e parte de um silo de grãos atingidos pelo vendaval. Além do telhado de uma oficina que despencou.

Conforme o coordenador municipal da Defesa Civil, André Bortoli, ainda não foram contabilizados todos os danos. “Vamos fazer este levantamento agora de manhã. Mas, os estragos foram apenas na zona rural, tivemos muitos danos em lavouras de milho”.

O Corpo de Bombeiros também estava em alerta, mas, segundo apurado, nenhuma ocorrência foi registrada por conta da chuva ou mesmo pelos ventos.

Alerta de perigo para tempestades

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de risco de tempestade em 56 municípios de Mato Grosso do Sul. O aviso vai até a manhã de quarta-feira (10).

Pode haver chuvas de 30 a 60 milímetros, além de ventania de 60 até 100 km por hora. Além disso, as temperaturas devem continuar em queda em todo estado.

O Inmet alerta para que, durante a tempestade, aparelhos elétricos sejam desligados e, se possível, quadro geral de energia. Em caso de enxurrada ou similar, documentos e objetos de valor sejam colocados em sacos plásticos.

Em Campo Grande, o dia amanheceu chuvoso com temperatura de 11°C. Os termômetros não devem passar da máxima de 22°C ao longo do dia. A queda de temperatura deve ser ainda mais acentuada entre quarta-feira (10) e quinta-feira (11), com temperaturas mínimas entre 5 e 7ºC.

O Inmet orienta:

Em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

 

Deixe seu comentário: